Manaus, 03 de Julho de 2020

Diálogos CBIC: SINDUSCON-AM discute Plano de Habitação do Amazonas com o Governo do Estado
25 de junho de 2020

Com a participação do vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho, e o presidente do SINDUSCON-AM, Frank do Carmo Souza, o Diálogos CBIC promoveu debate sobre o plano de habitação do Estado do Amazonas.

A videoconferência foi capitaneada pelo presidente da CBIC, José Carlos Martins, e contou com a participação também do deputado federal, Efraim Filho, relator da MP 975 (Programa Emergencial de Acesso a Crédito).

Ao ressaltar a importância do setor da Construção Civil manter-se funcionando neste período de pandemia, Frank Souza sugeriu uma proposta que visa reduzir o déficit habitacional do Estado.

“As atividades econômicas de Manaus condizem com 94% da economia do Amazonas. O Governo do Estado reconhecer que o setor da Construção como atividade essencial e manter seu funcionamento é um ponto muito importante. Tendo em vista que aproximadamente 31% da população amazonense vive em moradias precárias, acredito que o Governo possa tomar uma medida semelhante ao Prosamin – que recebe verba internacional do BID e aplica no Amazonas”, sugeriu Frank.

O presidente do SINDUSCON-AM também pontuou que para atender o déficit habitacional de 200 mil moradias no Amazonas, é necessário adquirir novas formas de financiamento, visto que o recurso do FGTS para habitação está cada vez mais escasso.

A recente aprovação do Senado sobre o projeto do novo marco regulatório de saneamento básico é um ponto favorável para o setor, visto que estimula a participação da iniciativa privada.

Prosamim 4

Em resposta ao posicionamento do presidente do SINDUSCON-AM, Carlos Almeida Filho comentou estar tratando sobre a receita tributária com a Sefaz e também aproveitou para anunciar que o Prosamim 4 está sendo planejado para começar ano que vem.

“Estamos em tratamento para começar o Prosamim 4 ano que vem, devido ao sucesso dos três anteriores. Neste, iremos reformar a bacia hidrográfica do bairro Educandos” anunciou o vice-governador do Amazonas.

Além disso, Carlos agradeceu o apoio do SINDUSCON-AM e demonstrou interesse em iniciar um programa de moradia em paralelo a outras faixas. Afirmou também estar brigando para adquirir recursos federais para dar continuidade a estes projetos.

“Temos diversos terrenos no Estado que possamos ocupar. Outra situação que acho relevante pontuar é a recuperação do Viver Melhor 1 e 2. Estamos trabalhando que eles possam recuperar a faixa 1. Para termos um exemplo de reconstrução no país” pontuou Carlos.